Bibliografia: Luiza Garnelo

Listamos abaixo os textos disponíveis na íntegra na Plataforma Moodle de autoria de Luiza Garnelo  e colaboradores . A divulgação dos textos foi autorizada pela autora, e solicitamos que sempre citem a fonte dos textos que utilizarem. 

Bibliografia

  1. GARNELO, L. Análise situacional da Política de Saúde dos Povos Indígenas no período de 1990 a 2004: implicações no Brasil e na Amazônia. Em: Scherer E; Oliveira JA (orgs.). Amazônia: Políticas Públicas e Diversidade Cultural. pg.133-162, RJ: Ed. Garamond, 2006. ISBN 85-7617-103-1.
  2. GARNELO, L. Cosmologia, ambiente e saúde: mitos e ritos alimentares Baniwa. História, Ciências, Saúde-Manguinhos, v. 14, p. 191–212, 2007.
  3. GARNELO, L. et al. Dimensões e potencialidades dos sistemas de informação geográfica na saúde indígena. Rev Saúde Pública, v. 39, n. 4, p. 634–40, 2005.
  4. GARNELO, L. Poder, Hierarquia e Reciprocidade: os caminhos da política e da saúde no Alto Rio Negro. Tese de Doutorado. Campinas: Departamento de Antropologia do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, 2002.
  5. GARNELO, L.; BUCHILLET, D. Taxonomias das doenças entre os índios Baniwa (arawak) e desana (tukano oriental) do alto rio negro (Brasil). Horizontes Antropológicos, v. 12, n. 26, p. 231–260, 2006.
  6. GARNELO, L.; LANGDON, J. A Antropologia e a reformulação das práticas sanitárias na atenção básica à saúde. Em: Minayo MC; Coimbra Jr CEA (orgs.). Críticas e Atuantes. Ciências Sociais e Humanas em Saúde na América Latina. p.133-156. RJ: Ed. Fiocruz, 2005. ISBN 85-7541-061-X.
  7. GARNELO, L.; MAQUINÉ, A. Financiamento e Gestão do Subsistema de Saúde Indígena: Considerações à luz dos marcos normativos da administração pública no Brasil. (Manuscrito).
  8. GARNELO, L.; SAMPAIO, S. Globalização e ambientalismo: etnicidades polifônicas na Amazônia. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, v. 12, n. 3, p. 755–768, 2005.
  9. GARNELO, L.; SAMPAIO, S. Organizações indígenas e distritalização sanitária: os riscos de “fazer ver” e “fazer crer” nas políticas de saúde Indigenous organizations and health district apportionment: the gap between seeing. Cad. Saúde Pública, v. 21, n. 4, p. 1217–1223, 2005.
  10. GARNELO, L.; WELCH, J.R. Transição alimentar e diversidade cultural: desafios à política de saúde indígena no Brasil. Cad. Saúde Pública, v. 25, n. 9, p. 1872–1873, 2009.
  11. GARNELO, L.; WRIGHT, J.R. Doença, Cura e serviços de saúde. Representações, práticas e demandas Baníwa. Cadernos de Saúde Pública, v. 17, n. 2, p. 273–284, 2001.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s